top of page
  • Caroline Hirasaka

Novas regras para aposentadoria em 2024: o que você precisa saber

O ano de 2024 traz consigo importantes mudanças nas regras de aposentadoria no Brasil, impactando diretamente os trabalhadores que estão prestes a se aposentar.


As alterações foram estabelecidas pela reforma da Previdência, aprovada em novembro de 2019. É crucial que os futuros aposentados estejam cientes dessas transformações para planejar de forma adequada o seu futuro previdenciário.

1. Idade Mínima e Tempo de Contribuição:

Para mulheres, a idade mínima é agora de 62 anos, com pelo menos 15 anos de contribuição.

Homens devem ter 65 anos e contribuir por, no mínimo, 20 anos.

2. Regras de Transição (para quem contribuía antes de novembro de 2019):

Em 2024, a idade mínima para aposentadoria sobe seis meses, atingindo 58 anos e meio para mulheres e 63 anos e meio para homens.

O tempo mínimo de contribuição é de 30 anos para mulheres e 35 para homens.

Mudanças na regra dos pontos: Pontuação mínima de 91 para mulheres e 101 pontos para homens.

3. Regras de Transição Específicas:

Tempo de Contribuição + Idade Mínima: A idade mínima progressiva requer um tempo mínimo de contribuição. Em 2024, mulheres precisam ter 58 anos e meio, enquanto homens devem atingir os 63 anos e meio.

Por Idade: A regra estabelece a idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres, com um tempo de contribuição de 15 anos para ambos.

Pedágio de 50%: destinado a quem estava prestes a se aposentar em 2019, exige um "pedágio" equivalente a 50% do tempo de contribuição que faltava.

Pedágio de 100%: O trabalhador deve cumprir integralmente o tempo de contribuição pendente para se aposentar.

Regra dos Pontos: Pontuação mínima de 91 para mulheres e 101 pontos para homens, com aumento anual.

Essas mudanças visam criar uma transição suave entre as antigas exigências e as atuais da Previdência. Trabalhadores próximos à aposentadoria devem avaliar essas opções e escolher a que for mais benéfica para seu caso específico. A compreensão dessas novas regras é essencial para um planejamento previdenciário eficaz e para garantir um futuro financeiro mais seguro na aposentadoria. Fique atento e esteja preparado para as mudanças que impactarão diretamente sua jornada rumo à aposentadoria.


Fonte: Portal G1, INSS

0 comentário

Kommentare


bottom of page