top of page
  • Caroline Hirasaka

Commodities: Tipos de mercado

Nesse post, vamos aprender sobre os tipos de mercado existentes para a negociação de commodities. Caso você ainda não saiba o que são commodities, recomendamos que leia o post sobre O Mercado das Commodities.

O Mercado a Termo, é um acordo em que compradores e vendedores fixam um preço de uma determinada mercadoria com data pré determinada, para uma entrega e recebimento futuro.

Suas principais características são:

  • O contrato não é padronizado;

  • São acordado entre as partes: liquidez, quantidade, qualidade, prazos e multas;

  • A reversão de contrato é passível de multa;

  • A liquidação é comumente realizada no ato da entrega;

  • Existe risco de insolvência, por se tratar de um acordo bilateral; entre comprador e vendedor diretamente e não há ajuste diário;

  • Fatores que fogem do padrão são passiveis de ágio e deságio sobre o valor do produto;

O Mercado Futuro é um acordo entre compradores e acessam por meio de uma corretora, um ambiente seguro e padronizado, com todas as cotações de vários produtos, sem conhecer a sua contraparte, onde os preços são expostos em forma de cotações amplamente divulgadas por meio de diversos veículos de informação, jornais, revistas, internet. Os parâmetros de negociação no mercado futuro, determinam fatores como: qualidade, localização, lote padrão e vencimento pré determinados.

Os agentes, comprador e vendedor não se conhecem e a contraparte nesse caso é a Clearing central, a Clearing da bolsa é responsável pelo processamento das informações, cálculos de riscos, pagamento e recebimento de ambas as partes.

Como qualquer agente pode realizar negociações no ambiente de bolsa, e a bolsa junto a sua Clearing não conhecem as atividades e a produção de cada um desses agentes, para que seja possível a compra e venda de qualquer produto em bolsa, é requisitado de ambas as partes a garantia em recursos financeiros, como forma de mitigação e até eliminação dos riscos de insolvência, chamada de margem de garantia.

As principais características do Mercado Futuro são:

  • A negociação acontece em ambiente de bolsa;

  • Os termos dos contratos são padronizados;

  • A reversão do contrato pode acontecer a qualquer momento até o vencimento;

  • Há ajustes diários;

  • Há chamada de margem de garantias;

  • A liquidação na maioria dos casos é financeira; com exceção do contrato de café na B3;

  • O risco e mitigado diariamente por meio dos ajustes diários e existe transparência de preços;

O Mercado de Opções, funciona como uma forma de seguro contra as oscilações indesejadas, em que qualquer agente que deseja proteger suas margens de atividade, acessa uma corretora para conhecer os custos e tem a sua disposição todas essas possibilidades, Existem as opções de baixa e de alta de cada produto, para quem pretende se proteger contra uma queda de preços compra uma proteção de baixa, paga um premio por isso e estará protegido até determinado preço e prazos pré estabelecidos. A realidade é a mesma para quem deseja se proteger de uma alta dos preços, mas um detalhe, um agente poderá comprar ou vender qualquer um dos tipos de opções, altas ou baixas, possibilitando diversas combinações que influenciam no grau de proteção e preço.

As suas característica são:

  • Negociação acontece em ambiente de bolsa;

  • Os termos dos contratos são padronizados;

  • A reversão do contrato pode acontecer a qualquer momento até o vencimento;

  • Não há ajustes diários;

  • A liquidação é realizada na execução

  • Há chamada de margem no caso de venda de opção

E para finalizar, temos O Swap, nada mais é do que uma troca de indexadores, esse tipo de operação é muito usado em mercados de dívidas ou títulos, como exemplo, podemos imaginar uma empresa que adquiriu um empréstimo pós fixado e indexado em IPCA, mas observa-se que a atividade econômica do país tem apresentado avanços e possivelmente os índices de preços irão aumentar em seus percentuais, portanto a empresa procura antecipar esse movimento e se proteger, vai a mercado e avalia o custo de aquisição da sua divida de pós para pré fixada, mitigando o risco de grandes mudanças em seu endividamento e fluxo de caixa, operações como estas são pouco utilizadas no mercado de commodities do Brasil, mas por se tratar de uma troca de indexadores, com o desenvolvimento dos mercados, um dia poderá fazer parte desse mercado.



0 comentário

Kommentare


bottom of page